Gelson Radaelli imprime sua arte em rótulos de vinhos

"Eu penso que a gente já nasce artista". E há como não concordar ao sermos surpreendidos pela obra livre e atrevida do pintor?

PicMonkey Collage

Quadros e esculturas, antes encontrados em museus e galerias, passaram a ter mais espaço nas residências, mostrando que a arte se democratizou e está acessível a uma parcela maior da população. Nos rótulos de vinhos, obras de arte também garantiram seu espaço.

Leia outras matérias do Casa&Cia

O Château Mouton-Rothschild, por exemplo, desde 1945 mantém a tradição de comissionar alguns dos melhores artistas plásticos do mundo para estampar suas garrafas. Em mais de 50 anos, nomes como Salvador Dalí, Pablo Picasso, Andy Warhol, Wassily Kandinsky, entre tantos outros, fizeram desenhos para os rótulos de Mouton.

Unindo duas paixões, vinho e pintura, a obra de Gelson Radaelli é um excesso que nos preenche. Traços, cores e texturas dão forma à emoção do artista – estampada na garrafa de um cabernet sauvignon ou em enormes painéis com óleo sobre tela.

Hoje, grande parte do que é Gelson Radaelli pode ser encontrada num antigo prédio da Rua Riachuelo, no centro de Porto Alegre. É lá que, desde 1992, funciona o Atelier de Massas – uma interessante mistura de galeria de arte e cantina italiana. Entre os objetos de decoração, queijos, salames, garrafas de vinho e muitas (muitas!) obras de arte.

Arte em rótulo

Convidado por vinícolas do Brasil e até mesmo internacionais, Gelson Radaelli imprime identidade às garrafas de vinho. À esquerda, artes produzidas para a argentina Tempus Alba. À direita, rótulos da Routhier & Darricarrère, de Rosário do Sul (RS)

 

Após a recuperação da fachada com pintura, foi erguida a edificação aos fundos, que recebeu revestimentos em vidro duplo.
Foto: Gabriele Argenta / Divulgação

Sintonia entre gourmeteria, bar, jantar e estar criam espaço ideal para compartilhar experiências

As tendências em cerâmica que vêm da arte