sp 3

Alguns dias de trabalho na capital paulistana permitem puro oxigênio na criatividade. Ora com  atraso na correria do dia-a-dia de carro/táxi/metrô, ora na tranquilidade de um bom passeio a pé, pude conferir algumas novidades criativas que rolam por lá – e os parklets estão encantando por todos os bairros.

Já tinha ouvido falar nos PARKLETS, aquelas extensões temporárias de calçada que promovem o uso do espaço público de forma democrática. Aqui pelos pampas, as duas intervenções que tive conhecimento geraram sentimentos ambíguos, tipo amor e ódio à ideia (uma na faculdade de arquitetura da UFRGS, a outra num restaurante descolado de Pelotas). Particularmente, adorei a ideia. Eu sei… cada vez mais há espaço para estacionamento de carros, etc etc etc.. mas confesso que tenho pura simpatia por essas intervenções, por melhorarem a paisagem urbana e transformarem espaços públicos em lugares melhores para se conviver (e convivência nos tempos atuais é artigo de luxo, não é?!?!!).

parklet1(Faculdade de Arquitetura UFRGS – foto agência RBS)

parklet3(aqui o parklet serve para o happy hour diário – Bodega 974 – Pelotas)

Voltando às ruas de São Paulo, não foram poucos os parklets que cruzei… mas este aqui, na Vila Madalena, realmente me encantou – uma biblioteca, ou espaço para leitura, com direito à bancos e nichos para troca e retirada de livros. Era segunda-feira de manhã e o espaço estava vazio… mas pude imaginar a energia da comunidade que frequenta o local! Aplausos!

sp 3(Biblioteca Parklet Mateus Grou)