Bistrô e local de eventos e aulas de gastronomia com decoração que remete ao aconchego

Fotos Omar Freitas
Fotos Omar Freitas

Com 180 metros quadrados, o Studio dos Aromas, no bairro Cidade Baixa, é um pequeno universo voltado para a gastronomia. Além de bistrô para almoços, tem espaço com aulas e pode transformar-se em local para eventos.

As características múltiplas conduziram o conceito do projeto de interiores do escritório Lp21, da criative designer Li Puente e do engenheiro civil Marcelo Moraes. A casa antiga, adquirida pela chef que comanda o local, estava “maquiada” e precisou passar por uma reforma total.

  • StudiodosAromas15
  • StudiodosAromas13
  • StudiodosAromas11
  • StudiodosAromas10
  • StudiodosAromas9
  • StudiodosAromas8
  • StudiodosAromas5
  • StudiodosAromas3
  • StudiodosAromas2
  • StudiodosAromas1
  • StudiodosAromas12
  • StudiodosAromas14

– Como era tudo branquinho, parecia novo. Quando fomos mexer, vimos uma casa pronta para cair. Primeiro fizemos um desmonte. O que era para levar sete meses durou um ano e meio – lembra Li.

Quem chega ao local, já percebe a mistura do contemporâneo com toques que lembram casinhas aconchegantes. Para o primeiro ambiente, a versatilidade também foi determinante. No mobiliário, chamam atenção os pufes sob medida de 1,5m de comprimento, em couro sintético e capitonês. Conforme o uso do salão, estas peças podem mudar de posição no ambiente. As mesas, também desenho de Li, trazem uma mistura de diferentes tipos e tonalidades de madeira para, apesar de novas, trazerem a aparência de garimpo em antiquários e brechós.

A cozinha secundária, reservada para cursos, tem uma grande mesa central de inox e armários metálicos para diferentes tipos de fornos. Mas o que rouba a cena é a decoração, cheia de banquinhos, poltronas e tonéis pintados, como um estar de apoio.

Cores também estão presentes no terraço, dos tecidos das almofadas aos bancos metálicos. Entre peças de artistas, o toque do design com as cadeiras Tolix contrasta com a proposta despojada dos varais de luz, com lâmpadas halógenas.

StudiodosAromas14
O pôr-do-sol do Guaíba no adesivo de Leandro Selister destaca a parede com textura que remete ao cimento

StudiodosAromas12

No terraço, placas de tijolos revestem as paredes e o banco, feito de concreto. As luminárias são de Vera Vignatti, e os mosaicos de Silvia Marcon. 

StudiodosAromas7

No recanto das aulas, a pintura especial na parede ao fundo é de Virginia Giulian. Detalhe para as panelas coloridas na mesma cor da parede

StudiodosAromas6

Fotos de Luis Ventura

 

HenriqueSteyer3 - Cópia

Coluna Henrique Steyer: por dentro do Copacabana Palace

Fotos Marcelo Donadussi, Divulgação

Banho de ideias: sete projetos com foco nos revestimentos