Casa&Cia - ir para home

Veja como usar escadas na decoração em diferentes espaços da casa

decora.me

Vai dizer que não ficou genial esta ideia. Além de cabideiro, a versão na horizontal pintada de rosa possibilita quase uma prateleira, servindo de suporte para caixas organizadoras (Foto: decora.me, divulgação)

Mais do que um objeto para nos erguer, nos levar ao alto, a alcançar um ponto acima, a escada – me refiro a estas avulsas, que levamos de um lado a outro – pode ganhar vida nova e, melhor, ter outras funções no cotidiano. Já imaginou usá-la como  peça-curinga na decoração? Isso mesmo. Vá além, pense um pouco mais e veja que ela se transforma em suportes, apoios decorativos e nos ajuda ainda a colocar ordem em cantinhos diferentes do lar.  Pesquei algumas ideias na internet. Vejam o que é possível inventar com uma simples escada. Vai da sua necessidade. Bora lá!

simplesmentedecor.blogspot

Foto: simplesmentedecor.blogspot

Em pé da forma tradicional e com degraus um pouco mais largos (acima) ou engatada na parede (abaixo), a escada vira uma biblioteca bem original. Esta segunda opção, com marcas de uso, do tempo, deu vida à parede

Foto: diply.com

Foto: diply.com

recapturedcharmPendente, presa em correntes, até na cozinha ela dá forma a um móvel funcional para deixar panelas bem à mão

b9fd71ee2ac0b20f1fae8d95672aa73b

34cbf6e5eb228d434b689f211d9e839cEste modelo menor, que encontramos muito em lojas de departamentos, pode se transformar num criado-mudo estiloso

Mais ideias com escadas.

Você também vai gostar

Escultura Insônia não passa despercebida em ambiente da Casa Cor Rio 2014

insonia

De costas para a península e de frente para a suíte do Espaço Grou, do arquiteto Duda Porto, na Casa Cor Rio 2014. Assim está disposta a escultura Insônia, criação do artista plástico Toz, de Salvador, em fibra de vidro pintada. O personagem representa “o universo das noites perdidas”. (foto Andre Nazareth, Divulgação)

 

Você também vai gostar

Já pensou em customizar a cabeceira da cama? Eis algumas sugestões

Aproveitando que o Natal bate à porta, que tal desenhar a sua cabeceira com as tradicionais luzinhas pisca-pisca? Para esticar o fio, use ganchinhos. Aqui, a cabeceira foi inspirada no desenho da fachada de uma casa

Aproveitando que o Natal bate à porta, que tal desenhar a sua cabeceira com as tradicionais luzinhas pisca-pisca? Para esticar o fio, use ganchinhos. Aqui, a cabeceira foi inspirada no desenho da fachada de uma casa

Com o aparecimento das camas tipo box, as cabeceiras perderam lugar de destaque. Mas, por outro lado, a ausência delas nos instiga a projetar algo sob medida para emoldurar aquela peça singular na qual passamos metade de nossas vidas. Esta peça, que muitas vezes passa despercebida, pode tornar ainda mais agradável o nosso momento de descanso. Eu garimpei alguns exemplos nas redes para dividir com vocês. Vejam o que encontrei. O meu preferido é este ao lado, com portas de janelas pintadas de verde. O meu tamanho!

Veja mais sobre cabeceiras versáteis

17f5be21eee53c6b3034b73e63726763

Vai dizer que nunca viu partes de janelas venezianas como estas numa caçamba? O que muitos descartam, pode ser útil para você de forma diferente. Aqui deu forma a esta belezura de cabeceira
(Foto Indulgy.com)

259e90daf7de56d34c2d5c0e1c9ae44e

Adesivos são práticos e o mercado oferece uma infinidade de opções para dar forma a sua cabeceira. Basta fuçar em lojas especializadas para encontrar um que tenha a ver com o seu estilo
(Foto California Home Design)

cabeceira dailyfix.co.za

Este modelito dá um certo trabalho, mas ganha em originalidade. Junte os cacarecos, suas miudezas e crie uma cabeceira sob medida
(Foto dailyfix.co.za)

e300546d90c1d0b67c65b4116e483dba

Escolha um tecido bacanudo e o use-o como um grande panô. A parede branca ganha vida em segundos. Para pendurar aposte no varão de cortina. Simples assim
(Foto Pinterest)

Você também vai gostar

Palitos de picolé podem ser bem aproveitados em objetos decorativos

vasinho com palitos de picolé

Basta começar a esquentar para dar aquela vontade de tomar um sorvete ou se deliciar com um picolé. Em dias de altas temperaturas guloseimas geladas são muito bem-vindas quando a intenção é se refrescar. Que seja um picolé de fruta por dia para matar a nossa vontade e não pesar na consciência. Agora, vá além de “tente, invente, faça algo diferente”. (rsrsrsrs). Fazer um pouco de arte não faz mal pra ninguém e ainda pode servir como terapia caseira. Que tal experimentar criações com os palitos de picolé? Gostei desta ideia de vasinho customizado. Simples, delicado e fácil de fazer. Um must para decorar cantinhos da casa.

Foto desta site aqui.

 

 

Você também vai gostar

Guarda-chuva para encarar ventos de até 100km por hora

Senz/Divulgação

Este é Senz, o guarda-chuva aerodinâmico. Seu desenho foi pensado para que o usuário encare uma chuva até com ventos fortes. Sua estrutura e tecido podem suportar ventos de até 100km por hora.  Já pensei no vento sul aqui na Ilha da Magia (Florianópolis). A ideia é interessante, mas para saber se realmente funciona só mesmo um teste prático. Me chamou a atenção a parte de trás, mais longa, afinal, sempre costumamos inclinar a sombrinha para proteger nossas costas dos pingos.

Modelito aerodinâmico para dias molhados

Modelito aerodinâmico para dias molhados

Pra saber mais visite o site Senz

Você também vai gostar

É tempo de renovar o visual da casa para o verão. Inspire-se nas influências marítimas

conchas3

Conchas pendentes – Quantas encontramos pelas praias? Boa ideia para despertar a criatividade e decorar o jardim com charme

Morar perto do mar faz toda a diferença. A sensação é única, inexplicável. É preciso sentir. Basta começar a esquentar e já começamos a entrar no clima refresh. Vejam que ideias legais para decorar a casa durante a temporada. Eu não resisti!

Maçaneta - Delicadeza no modelo com cavalo-marinho Foto: Blog content in a cottage

Maçaneta – Delicadeza no modelo com cavalo-marinho
Foto: Blog content in a cottage

Barco-sofá - Um convite para a sesta, hein? Foto: site Welke.nl

Barco-sofá – Um convite para a sesta, hein?
Foto: site Welke.nl

Cabideiros ancorados Adorei a solução receptiva com as pequenas âncoras. Original e funcional. Foto: Homebunch.com

Cabideiros ancorados
Adorei a solução receptiva com as pequenas âncoras. Original e funcional.
Foto: Homebunch.com

Para refletir - Composição de estrelas do mar emolduram espelho

Para refletir – Composição de estrelas do mar emolduram espelho
Foto: Pinterest

 

Você também vai gostar

Soluções criativas para florir a casa

O escorredor de macarrão, pintado ou na cor original do alumínio, pode dar um toque todo especial quando usado como vaso customizado. Flores ou ervas para se ter bem à mão. Você escolhe
Foto: jardimdasideias.com.br

Eu sempre fui mais uma pessoa do inverno. Sou muito calorenta, muito mesmo e, além disso, sou amante do vinho tinto, bebida que esquenta a estação do frio. Mas, como somos mutantes, tenho notado que com o passar do tempo meus conceitos têm alternado. E olha que tenho gostado disso… mudar, mudar e mudar. Abre a mente e dá aquele refresh necessário para que a vida flua melhor. Posso dizer que estou contando os dias para que o verão chegue. Sempre fui muito caseira, por isso até a preferência, antes, pelo inverno; mas agora tô a fim de curtir a rua, colocar o pé na areia, me jogar no mar, sentir o vento nos cabelos, no rosto… ah verão, que saudade de você. Enquanto ele não vem, aproveitamos para brindar a primavera com todos os seus encantos. E primavera são flores. Por isso, decidi dividir aqui nesta coluna ideias de como usar o verde e as flores para colorir a casa, o escritório, o nosso dia. É para inspirar!

 

O escorredor de macarrão, pintado ou na cor original do alumínio, pode dar um toque todo especial quando usado como vaso customizado. Flores ou ervas para se ter bem à mão. Você escolhe Foto: blog Mulheres Reciclando

O escorredor de macarrão, pintado ou na cor original do alumínio, pode dar um toque todo especial quando usado como vaso customizado. Flores ou ervas para se ter bem à mão. Você escolhe
Foto: blog Mulheres Reciclando

 

Tom sobre tom... flores na janela para colorir a fachada e alegrar quem passa pela rua Foto: site Cores da Casa

Latinhas diversas bem aproveitadas. Vida
nova a elas com
recheio de flores
Foto: site Surpresaria

 

Tom sobre tom... flores na janela para colorir a fachada e alegrar quem passa pela rua Foto: site Cores da Casa

Tom sobre tom… flores na janela para colorir a fachada e alegrar quem passa pela rua
Foto: site Cores da Casa

Esta opção com latinha  de sardinha e rosas míni conquistou meu coração  Foto: site Escritório de Arte Rio

Esta opção com latinha
de sardinha e rosas míni conquistou meu coração
Foto: site Escritório de Arte Rio

A escada faz a vez de suporte para vasos de orquídeas Foto: Pinterest

A escada faz a vez de suporte para vasos de orquídeas
Foto: Pinterest

 

 

Você também vai gostar

Os animais invadem a decoração com estilo único

Injeção de humor. O abajur Rabbit faz parte de uma coleção animal que a grife Moooi lançou. Em destaque no Sky Living, assinado pelos designers Moacir Schmitt Jr. e Salvio Moraes Jr. (foto Felipe Carneiro)

Não é de hoje, às vezes mais, às vezes menos, mas eles nunca saem de cena. Os bichos têm espaço cativo na decoração. E é certo, são pontuais e raramente passam despercebidos. Os animais têm o poder de dar o toque lúdico seja em qual quanto da casa for. Hoje, mais que decorativos, muitos dos objetos tornam-se utilitários funcionais. Na Mostra Casa&Cia SC 2014 fiz uma pequena seleção para mostrar como os bichos foram usados por alguns profissionais para compor o cenário de interiores.

Este é Athos, o cão amigo, do designer Peruzzo. Feito de madeira, é todo montado por encaixe, sem cola e sem parafusos. Uma peça decorativa e utilitária. Na boca ele segura uma bandeja. No espaço da loja Roka, ambiente projetado pelas arquitetas Sabrina Koerich e Grazi Schmitz (Foto Felipe Carneiro)

Este é Athos, o cão amigo, do designer Peruzzo. Feito de madeira, é todo montado por encaixe, sem cola e sem parafusos. Uma peça decorativa e utilitária. Na boca ele segura uma bandeja. No espaço da loja Roka, ambiente projetado pelas arquitetas Sabrina Koerich e Grazi Schmitz (Foto Felipe Carneiro)

 

 Eles estão à solta 23 de outubro de 2014 0 2 Não é de hoje, às vezes mais, às vezes menos, mas eles nunca saem de cena. Os bichos têm espaço cativo na decoração. E é certo, são pontuais e raramente passam despercebidos. Os animais têm o poder de dar o toque lúdico seja em qual quanto da casa for. Hoje, mais que decorativos, muitos dos objetos tornam-se utilitários funcionais. Na Mostra Casa&Cia SC 2014 fiz uma pequena seleção para mostrar como os bichos foram usados por alguns profissionais para compor o cenário de interiores. Aliás, se ainda não conseguiu visitar a  exposição, esta é a chance. O evento está na última semana e, melhor, no período do Sale da Mostra, onde vários acessórios e peças de mobiliário estão à venda com descontos especiais. Boa pedida, hein?! Visite a Mostra Casa&Cia até domingo, 26 de outubro, anexa ao Primavera Garden na SC-401, na Capital, e no Passeio Pedra Branca em Palhoça. Luminária Coelho da Moooi Foto Felipe Carneiro Injeção de humor. O abajur Rabbit faz parte de uma coleção animal que a grife Moooi lançou. Em destaque no Sky Living, assinado pelos designers Moacir Schmitt Jr. e Salvio Moraes Jr.   Cachorro Athos da Roka Foto Felipe Carneiro Este é Athos, o cão amigo, do designer Peruzzo. Feito de madeira, é todo montado por encaixe, sem cola e sem parafusos. Uma peça decorativa e utilitária. Na boca ele segura uma bandeja. No espaço da loja Roka, ambiente projetado pelas arquitetas Sabrina Koerich e Grazi Schmitz   Cachorro de porcelana Felipe Carneiro O cachorro de porcelana em tamanho real, de antiquário, ganhou um cantinho especial no espaço projetado pelos arquitetos Alcides Theiss e Rosane Girardi, a Sala de Estar e Jantar por Sierra   pavão misterioso da loja Toque Antigo Foto Felipe Carneiro “Pavão misterioso, pássaro formoso…”. Assim, notório e imponente aparece o pavão de porcelana verde, peça nobre de antiquário sobre a mesinha lateral ao lado do sofá do Escritório 31, ambiente criado pelo designer Sandro Clemes (foto Felipe Carneiro)

“Pavão misterioso, pássaro formoso…”. Assim, notório e imponente aparece o pavão de porcelana verde, peça nobre de antiquário sobre a mesinha lateral ao lado do sofá do Escritório 31, ambiente criado pelo designer Sandro Clemes (foto Felipe Carneiro)

 

Este trio de sapinhos é um must. Adoro. Eles brincam com a máxima: “não vejo, não ouço e não falo”. Aparecem delicados na estante do Depósito 8 por Arquitetura do Sono e Dialma Brown, projeto do arquiteto Rico Mendonça (foto Felipe Carneiro)

Este trio de sapinhos é um must. Adoro. Eles brincam com a máxima: “não vejo, não ouço e não falo”. Aparecem delicados na estante do Depósito 8 por Arquitetura do Sono e Dialma Brown, projeto do arquiteto Rico Mendonça (foto Felipe Carneiro)
O cachorro de porcelana em tamanho real, de antiquário, ganhou um cantinho especial no espaço projetado pelos arquitetos Alcides Theiss e Rosane Girardi, a Sala de Estar e Jantar por Sierra (foto Felipe Carneiro)

O cachorro de porcelana em tamanho real, de antiquário, ganhou um cantinho especial no espaço projetado pelos arquitetos Alcides Theiss e Rosane Girardi, a Sala de Estar e Jantar por Sierra (foto Felipe Carneiro)

 

Você também vai gostar

Toque de urbanidade é característica marcante no espaço A Casa dos Lares Ditosos

Faixa amarela das linhas de metrô trazem o toque de urbanidade ao espaço A Casa dos Lares Ditosos, projeto dos arquitetos Emerson Penso e Alexandre Felippe na Mostra Casa&Cia SC 2014
FOTO FELIPE CARNEIRO

Se o tema da Mostra Casa&Cia SC 2014 – A Casa e a Casa das Casas (a cidade) – envolve o pensar a cidade, nos ambientes da exposição não poderiam faltar referências à urbanidade. Do piso de concreto queimado à faixa amarela com o escrito Mind the gap que lembra as linhas do metrô inglesas, tudo foi propositalmente pensado.

Detalhes do espaço A Casa dos Lares Ditosos, dos arquitetos Emerson Penso e Alexandre Felippe. A dica é passear pelo espaço e descobrir algumas pitadas criadas pelos profissionais. Os livros expostos, a luz e a sombra… são pitadas sutis, mas bem-vindas!

Você também vai gostar

Revestimento ganha novas funções e aparece até na mesa

O porcelanato ganha novos usos no décor e agora aparece até como tampo de mesa. Adorei. Tudo a ver com o #feitocasulo
FOTO FELIPE CARNEIRO

O brilho no tampo da mesa branca faz pensar que o mesmo tem pintura laqueada. Ledo engano. A mesa feita sob medida para o Restaurante 261 na Mostra Casa&Cia SC 2014 tem o apoio feito de porcelanato polido. Parece loucura, mas é isso mesmo. O porcelanato usado como revestimento de parede e de piso pode também dar forma a móveis, a exemplo desta mesa. A invenção é da dupla de  arquitetos do escritório Blasi Bahia, Marina Blasi e Bernardo Bahia. Sou fã!

Você também vai gostar
Casa&Cia - ir para home