Casa&Cia - ir para home

Apertem os cintos e aproveitem para incrementar a decoração do lar

Foto everydayeden.com

Tem muitas revistas em casa? Olha que ideia genial. Enrole uma a uma e amarre-as com um cinto. Você pode usar como um apoio para uma bandeja e criar o cantinho do bar

Não é nenhuma novidade o que vou dizer agora. Bem sabemos que é cada vez mais comum observar a moda das ruas na decoração e vice-versa, seja em algum detalhe ou alguma referência da arquitetura que aparece na produção de uma roupa ou acessório. Existem situações que encontramos projetos muito conceituais, mas por outro lado visualizamos ideias palpáveis e funcionais. O mais interessante é quando toda esta mistura funciona bem. Você já imaginou que um simples cinto – aquele mesmo para ajustar a roupa ao corpo, acinturar a silhueta – pudesse ser usado como complemento no décor da casa? Isso mesmo. Eu selecionei apenas alguns exemplos do que rende um cinto fora do lugar comum. Espiem.

Cintos afivelados e sobrepostos uns sobre os outros dão forma a um vaso estilizado (Foto homedit.com)

Cintos afivelados e sobrepostos uns sobre os outros dão forma a um vaso estilizado
(Foto homedit.com)

Gamei nesta solução onde o cinto arremata com todo charme a cortina. Dá pra fazer em casa (Foto hgtv.com)

Gamei nesta solução onde o cinto arremata com todo charme a cortina. Dá pra fazer em casa
(Foto hgtv.com)

cabec80ef28556e9bddfb744f9b1a05d

Aqui, em tamanho pequeno, os cintos abraçam as tradicionais velas brancas e as deixam personalizadas (foto jenniferrizzo.com)

zena.hr

Nesta versão ele é pregado na parede e dá vez a suportes para acessórios pendentes
(foto zena.hr)

Tire as fivelas e aproveite as diferentes texturas para entrelaçar e fazer, quem sabe, um trilho de mesa de cintos de couro. Decoração hand made (foto itsdiytime.net)

Tire as fivelas e aproveite as diferentes texturas para entrelaçar e fazer, quem sabe, um trilho de mesa de cintos de couro. Decoração hand made
(foto itsdiytime.net)

 

Você também vai gostar

Coloque a mão na massa e aprenda a fazer um pufe de rolo amarrado com cintos

Foto Renato Turnes, Divulgação

O pufe “De Rolo” é uma criação do designer de interiores Sandro Clemes, de Florianópolis, especialmente para o projeto de um apartamento urbano-retrô na Avenida Beira-Mar, no Centro da Capital. Na morada de um jovem homem solteiro, segundo o profissional, este item reforça a casualidade da proposta de ambientação que mistura peças de design internacional, mobiliário vintage e criações exclusivas.
Gostou e quer ter um igual na sua casa? Veja como é fácil fazer um pufe igualzinho. Como diz Sandro, “é tão simples quanto fazer um rocambole.”

Você vai precisar:
Foto Renato Turnes, Divulgação

Foto Renato Turnes, Divulgação

Pegue 16 metros de um tapete emborrachado (também conhecido como passadeira ou trilho) na cor branca ou offwhite, com mais ou menos 43cm de largura. Deve ser do tipo canelado, como o da foto 01. Não use tapete estampado porque ele não valoriza a interessante textura canelada do material, que tem efeito listrado.

Para fazer o “miolo” – o centro do pufe – escolha o mesmo produto só que em outra cor contrastante, como preto ou vermelho, e compre dois metros.

Como fazer:

Foto Renato Turnes, Divulgação

Foto Renato Turnes, Divulgação

1 – Comece enrolando o pedaço colorido, de modo bem firme, pra que não fique frouxo.

Foto Renato Turnes, Divulgação

Foto Renato Turnes, Divulgação

2 – Ao terminar o rolo que ficará no centro, pegue a passadeira maior e junte ao miolo, continuando a enrolar da mesma forma pra que o rolo fique bem coeso.

Foto Renato Turnes, Divulgação

Foto Renato Turnes, Divulgação

3 – Pra facilitar a “enrolação” dessa passadeira tão longa, encoste uma das laterais numa parede, que servirá como guia pra que o rolo fique bem retificado.

Foto Renato Turnes, Divulgação

Foto Renato Turnes, Divulgação

4 – Para prender o rolo, compre três cintos de 90cm de comprimento cada numa cor discreta e com fivela simples de metal. Afivele o primeiro cinto na metade do comprimento do rolo, e os outros dois a 3 centímetros de cada extremidade, apertando bem.

Coloque o rolo de pé e está pronto! Fica bem confortável e pode ser usado como mesa de apoio também.


Uma dica:

Você pode criar composições de cores na escolha dos materiais componentes do pufe. Pra um quarto infantil, por exemplo, pode-se escolher cada cinto de uma cor e os emborrachados também. Ou então, numa ambientação mais colorida, optar por uma passadeira de uma cor vibrante e usar cintos brancos ou pretos.

Você também vai gostar

Copos que balançam, mas não caem. Boa dica para um aperitivo aqui e acolá

(Foto Fancy.com)

Eu sou uma amante do vinho. Quem me conhece, sabe. Leia-se: vinho tinto. Quando encontrei estes copos, a descrição destinava-se a um utilitário feito para a experiência do vinho. Eu ainda prefiro taças. Mas não vou mentir. Adorei esta versão de copo “balança mas não cai”. Ele é indicado para a bebida dos deuses, mas nada impede que possa ser usado para servir aquela cerveja gelada ou drinques. Agora no verão, até para rechear com sobremesa tá valendo.

O design sueco da série de copos de vidros Cupa é criação de Daniele Semeraro, dono da Sempli.

(Foto sempli.com)

(Foto sempli.com)

Conheça mais sobre o Sempli aqui.

 

Você também vai gostar

Kit para uma cozinha mais divertida

Foto thegadgetflow.com

Não é só porque sou mãe de cachorro, mas vai dizer que não é um mimo este kit de vidro para vinagre e azeite em forma de cachorrinho. Estes, especificamente, são da raça dachshunds, mais conhecido como linguicinha ou salsicha.

Os recipientes são feitos de vidro e fechados com rolhas de cortiça. Para não fazer sujeira na hora de encher os acessórios com vinagre e azeite, vai junto do kit um pequeno funil. Adorei.

Foto polyvore.com

Foto polyvore.com

Para saber onde encontrar, clique aqui.

Você também vai gostar

Um garimpo de ideias decorativas para você começar o ano organizando as coisas em casa

Gamei nesta solução para dispor os panos de prato na cozinha. Simples e charmoso.

diyshow.es

Tábuas de corte viram delicados porta-talheres
(Foto: diyshow.es)

O Ano-Novo deu o ar da graça e os planos pessoais e profissionais foram, no mínimo, pensados e delineados. Com certeza a listinha do que pretende realizar em 2015, se ainda não está na mão, deve estar pelo menos esboçada, rabiscada em algum lugar, seja na agenda de trabalho ou sobre o criado-mudo ao lado da cama. Agora não há mais tempo a perder. É o velho ditado: não deixe para amanhã o que pode fazer hoje. Mas daí vem outra questão, por onde começar? Oras bolas: você já sabe, pelo início, pelo óbvio, pelo básico. O importante é estabelecer prioridades de acordo com as suas necessidades, seus desejos e tocar ficha. Se você acha que consegue tocar mais de uma coisa ao mesmo tempo, vá em frente. Caso contrário, repense e vá no seu ritmo.
A meta deve ser o foco, afinal, como já disse este trocadilho algumas vezes, é mais fácil desistir do que continuar. Então, estabeleça alguns critérios, crie os seus próprios, para que o desafio seja mais simples e no trilhar encontre menos adversidades e obstáculos.
A minha dica é a organização. E, claro, todo esse blá blá blá para dizer que boa ideia é você começar organizando a casa, o seu cafofo, o seu refúgio, o seu casulo. Na linha do desapego, livre-se dos excessos e guarde com carinho aquilo que realmente importa. Organizar o lar é um bom começo para na sequência organizar a vida e os pensamentos. Deixe fluir 2015. Divido com vocês aqui algumas ideias em imagens de como trabalhar a ordem com todo charme na decoração. Organize-se!

es.paperblog.com

Estrado de cama ou pallets com criatividade podem organizar os apetrechos na cozinha
(Foto Paperblog.com)

etsy.com

Quase uma gaveta na parede. Pode funcionar tanto como prateleira quanto para deixar as suas bijus todas em ordem, dispostas em puxadores e ganchos
(Foto Etsy.com)

handmadeandcraft.com

Aqui um simples painel ganhou latinhas, cestos, prateleiras e muitos ganchos. Ficou uma amor!
(Foto Hand Made and Craft)

lessthanperfectlifeofbliss.blogspot.com

Aquela mala antiga que você não usa mais dá lugar a um criado-mudo pra lá de bacanudo
(foto blog less than perfect life of bliss)

micasarevista.com

Supimpa esta ideia para arrumar as tampas de panelas. Literalmente, uma mão na roda
(foto Mi Casa Revista.com)

         

 

Você também vai gostar

3, 2, 1… Pode chegar 2015 que eu já sei onde mora o meu prazer

Nazareth, a cadela do rock, e Jana Hoffmann

Sorria para a vida – Esta foto já tem alguns anos, mas sempre me contagia, ela me irradia. Fiz o clique de um momento de carinho entre eu e a minha Nazareth, a cadela do rock. Só depois, quando olhei a imagem registrada na minha velhinha câmera digital (não era do celular ainda) vi o sorriso dela. Eu simplesmente amo esta foto e não à toa a escolhi para traduzir o sentimento de alegria que começo o Ano-Novo. A felicidade está mesmo nos olhos de quem a vê, certo? A vida é simples!

Ohhh abram alas que eu quero passar….

Ano vai e ano vem e, de certo, só mesmo o fato de que ficamos mais velhos, ou, como prefiro dizer, mais experientes. Ao olhar para trás, a certeza de que o tempo passa. E nesta caminhada o meu mantra tem sido, cada vez mais, o desapego. Como diz a letra da música Minha Filosofia, “relógio que atrasa não adianta”. Então, nada de pé direito. O que quero mesmo é entrar 2015 com os dois pés e bem saltitantes.
Fiquei aqui pensando sobre o que escrever nesta última coluna de 2014 e eis que me veio à tona a música do compositor Nei Lisboa, intitulada Translucidação. Tem um trecho dela que já repeti várias vezes e, para quem não sabe, tal trecho faz sentido à minha vida. Foi ele, aliás, responsável pelo início deste blog que carinhosamente chamo de “casulinho”, o meu Feito Casulo, criado há cinco anos. Como diz a letra: “E não há mais talvez nesse caminho, ou já sei ou adivinho, onde mora meu prazer.”
Por isso, hoje, compartilho a letra da canção por inteiro, já sentindo as vibrações de 2015.
Felicidades e até muito breve. Um Ano-Novo prazeroso para todos.

“Estou rindo sozinho
De um maluco, um velho caduco
Decerto sem noção
Que zombando dos vizinhos
Mostra a bunda na janela
Em translucidação
De tudo que aparente ser no fundo
Mais profano e mais rotundamente humano
Que a razão
Quiçá que por tais modos insolentes
O seu coração valente
Represente uma nação

Estou falando sério
De um mistério, de dois hemisférios
Da estranha sensação
De seres de outro mundo
E estares dentro de um segundo
Em outra dimensão
E por viver nas nuvens tantas vezes
Por subir pelas paredes
Vejo céus a percorrer
Soltando meus cachorros e foguetes
Flutuando em tapetes
Para o bem de se saber
Que ainda faço gatos de sapatos
Mas respondo por meus atos
E moinhos a vencer
E não há mais talvez nesse caminho
Ou já sei ou adivinho
Onde mora meu prazer.”

 

 

Você também vai gostar

Já é. Vamos ter um feliz Natal

Foto imagui.com

Foto imagui.com

Não faz muito tempo. Tenho a sensação de que o ano passou voando e cá estamos nós de novo para celebrar mais um Natal. Ufa! Parece que foi ontem. E foi, mas hoje é outro dia e este é outro Natal. Então, vamos renovar as emoções, viver o agora e festejar, sim. É tempo de estreitar laços, de se aproximar ainda mais dos familiares e amigos queridos, de aproveitar cada segundo com o máximo prazer, de se deixar contagiar pela energia natalina. Dia lindo a gente faz. Então, vamos lá… Deixe as angústias para trás, exercite o desapego e seja feliz. Esqueça aquilo que deixa você triste, as mágoas e olhe para frente, olhe no olho do outro e daí nem precisa dizer nada. Vale a máxima: um olhar vale mais do que mil palavras. Valorize a simplicidade, o momento, hoje cada vez mais raro, de estar reunido com a família. Vamos fazer um Natal feliz!

00a8c0e6

Foto creativeportfolio.net

00a8c0e9

Foto craftymorning.com

00a8c0e3

Foto Blog Querido Refúgio

00a8c0e7

Foto Etsy.com

 

 

Você também vai gostar

Veja inspirações de decoração para as festas de fim de ano

A fruta da estação vai à mesa com muito charme e praticidade. Boa ideia esta sugestão
de melancia no palito

Fim de ano está aí para que um novo ciclo entre em cena, aliás, palco este que fazemos parte, pois somos atores da vida real. Sim, deveríamos refletir e comemorar a cada dia. Afinal, diariamente enfrentamos novos desafios. Mas para marcar a troca de fases, acho que assim podemos dizer, criaram a data do dia 31 de dezembro para findar um tempo e recomeçar outro.

CALLTHECATERERS.COM.UK, DIVULGAÇÃO

E, claro, festeiros como somos, esta virada não passa despercebida. Gostamos de estar próximos dos amigos e familiares para celebrar o que está por vir. Pensando nisso, no ato de reunir pessoas, o Feito Casulo desta semana traz ideias para anfitriões de encontro festivos. O ar praiano e tropical foi a minha inspiração, claro!

BRIDES.COM, DIVULGAÇÃO

Mais tropical impossível. Arranjo de flores no abacaxi. Tudo a ver

STYLEMEPRETTY.COM, DIVULGAÇÃO

No lugar da caixa de isopor, carrinho de mão para colocar a bebida para gelar. Mas se o número de convidados for maior, encha um barco de gelo e voilá!

GREENWEDDINGSHOES.COM, DIVULGAÇÃO

Bora lá fazer um piquenique na praia. Invista na simplicidade, mas abuse de flores e almofadas

Você também vai gostar

Cabides no décor: as multifunções de uma peça tão singela

Pela metade e de cabeça para baixo. Eis um
porta-tudo para o seu hall

Uma pecinha tão singela e ao mesmo tempo tão indispensável no nosso cotidiano. Antiga, mas superadequada aos tempos modernos. O cabide, com desenho que simula a forma dos nossos ombros, encontrado em versões e materiais variados, é aquele tipo de acessório curinga e funcional. Afinal, ele é o suporte que ajuda a organizar e deixar nossas roupas mais esbeltas. Digamos, menos amarrotadas.

O objeto é um facilitador nato. Por outro lado, o cabide contemporâneo também assumiu novos papéis, indo além da sua mera função. Na ordem geral da vida, o cabide evoluiu. Um breve garimpo na web e encontramos outras possibilidades. Nesta edição do Feito Casulo selecionei algumas ideias. Vejam o que dá pra fazer.

FOTOS PINTEREST, DIVULGAÇÃO
Mais original impossível: que tal copiar esta ideia e criar a sua própria image wall? No lugar de molduras, pendure seus pôsteres, gravuras ou fotos em cabides de arame

RECYCLART.ORG, DIVULGAÇÃO
Aqui, os clássicos cabides de madeira, cortados pela metade, viram bacanudas luminárias pendentes. Eu gamei. O efeitoé um show

ARQUITRECOS.COM, DIVULGAÇÃO
Até na cozinha ele aparece para acomodar o rolo de papel toalha. Superfuncional!

LEDECORACOES.COM, DIVULGAÇÃO
Literalmente, louças no cabide. Curti esta solução customizada de escorredor de louças

 

Você também vai gostar

Fuja do tradicional customizando seus próprios enfeites de Natal

guardanapo pinheiro 1

Guardanapo dobrado dá forma a uma árvore de Natal. Boa ideia para levar à mesa da ceia. Veja logo abaixo o passo a passo de como dobrar.

O clima natalino já me pegou. Não tem como não se sentir contagiada pelo efeitos da festa. Você não precisa superdecorar a sua casa, mas pequenos detalhes fazem toda a diferença. Se não gosta de ir no óbvio, então crie. A internet é um prato cheio de inspirações. Eu pesquei algumas ideias e compartilho aqui no Feito Casulo. O ponto de partida foi dado, agora mãos à obra. Entre na brincadeira e deixe-se contagiar também. Sempre vale a pena.

Tente fazer:

dobradura de guardanapo

cookCompotas de vidro dão lugar a velas estilizadas para iluminar a mesa da ceia no dia 24
(Foto Cook Me Tender, Reprodução)

d1e03a582eadd568dfa721c7cf2a9c2cCarinhas de renas para enfeitar as bolachinhas de Natal
(Foto Moje Wypieki, Reprodução)

DIY-Pallet-Christmas-Tree-by-REdhead-Can-Decorate-768x1024Pinheiro customizado sobre um pallet com luzinhas e enfeites natalinos
(Foto redheadcandecorate.com, Reprodução)

guirlanda gramposGrampos de roupa pintados e contas vermelhas viram uma guirlanda da hora
(Foto Pinterest, Reprodução)

lata natalPinte uma lata de vermelho, amarre um cinto preto ao redor e tenha um vaso natalino.
Eis a vestimenta que lembra o bom velhinho

(Foto Pinterest, Reprodução)

maggiemakesPesos de porta em forma de estrela sobrepostos sobre um pedaço
de madeira viram uma árvore cheia de charme

(Foto Magie Makes, Divulgação)

villartedesign-artesanato.com.brNem o jardim fica de fora. Eu achei um mimo estas
toras de madeira pintadas com a carinha do Papai Noel

(Foto villartedesign-artesanato.com.br)

Você também vai gostar
Casa&Cia - ir para home