Semana da Casa

Fotos Eleone Prestes Fotos Eleone Prestes

Porto Alegre tem tido inaugurações e coquetéis comemorativos de novas lojas, o que demonstra que este mercado está em movimento, apesar da inegável crise que inclusive é econômica por que passa o Brasil. Eu sei que as grandes decisões são tomadas a médio prazo e que, portanto, a maioria dos pontos de venda sendo abertos agora são resultado de definições anteriores ao olho do furacão. Contudo, eu penso que as empresas/negócios que se esconderem hoje despencarão ladeira abaixo e as que se mantiverem em movimento, à tona, quando a situação geral melhorar darão um salto em relação às demais, se é que estas já não terão desaparecido.

Estive com o casal fundador da Tok & Stok, Régis e Ghislaine Dubrule, dentro da nova Tok & Stok Compact (que de pequena não tem nada: 1,1 mil metros quadrados de loja com produtos bacanas) na área da expansão do Shopping Iguatemi, em Porto Alegre, aberta nesta quarta-feira de manhã para convidados (foto de abertura deste post). Ele também tem essa percepção de que é preciso ir em frente. Conheci (ou reconheci, não tenho certeza) o filho – primogênito de cinco – Paul, responsável pela expansão da rede que vai continuar ocorrendo, mas com uma velocidade menor do que a prevista pelo menos a curto prazo. Paul lembra dos tempos de criança em que os pais trabalhavam tanto que ele chegou a dormir na vitrina de uma das lojas. A família é incrível e Ghislaine, como grande parte das francesas, é elegantérrima e magérrima. E Régis, uma simpatia. Lembro que entrevistei o casal em 1990, no restaurante Il Gato Pardo (será que tem o Il?) quando estava sendo aberta a Tok & Stok na Rua 24 de Outubro.

Zara Home

Zara Home

Bem, outras lojas de décor & cia. também entraram expansão do hopping Iguatemi em Porto Alegre. A Zara Home deu o ar da sua graça em Porto Alegre, na frente da outra Zara já conhecida dos gaúchos. Sugiro prestar atenção na setorização por cores: cinza, azul, branco, toques de cor como amarelo, etc. Duvido que alguém saia de uma dessas lojas – Zara ou Tok & Stok – sem uma sacolinha.

Nessa área home nova, tem ainda a Riachuelo Casa, com produtos a preços competitivos que valem uma investigação já nesta primeira semana. Isso para ver o que comprar em cada uma. O mix do Iguatemi conta ainda com a Camicado, que amplia a linha em relação às anteriores, chegando até às panelas, e mais a deliciosa Alfaias e a M Martan, com uma coleção que inclui os produtos como os tradicionais Casa Moysés.

Riachuelo Casa

Riachuelo Casa

Bem, em lojas de rua, a EXS, de equipamentos para cozinha e gourmeteria celebrou seus 20 anos em loja nova, na Avenida Berlim, e a Vértice Iluminação apresentou a casa mais nova ainda na Avenida Paraná. Mais à Leste, a Import Plus recebeu a Tidelli na sua loja na Rua Ijuí, em um casamento aberto, em que cada marca tem a sua vida própria e não disputa beleza. Tem espaço para ambas, com a expansão para os fundos do espaço que também tem a contemporânea cara de galpão, como as duas anteriores.

Você também vai gostar

Receita da cozinha moderna

Fotos Eleone Prestes Fotos Eleone Prestes

Na EuroCucina, no Salone del Mobile de Milano, havia uma tendência de misturas e contrastes. Quando o ambiente era cozinha, não podia faltar madeira misturada a brancos, pretos, cinzas e cores pontuais, como o amarelo. Às vezes, com estampas.

Neste caso, a parede da cozinha tem parte da estrutura de tijolos e cimento do reboco exposta, sem a menor preocupação em esconder imperfeições. É o mundo mais do que real na moda.

O salão foi realizado durante a Milan Design Week, este ano com a EuroCucina (cozinhas e banheiros também). Ano que vem, será a vez da Euroluce, de iluminação e o salão será realizado antes, de 4 a 9 de abril.

BlogEleone3

BlogEleone2

Você também vai gostar

Sobrevoo rápido

Fotos Eleone Prestes Fotos Eleone Prestes

Milan Design Week é uma maratona de design com um tempero de gastronomia e moda. Este ano, a temporada de design encerrada domingo lotou a cidade que lança tendências para o mundo. Na torre de babel havia menos sotaques brasileiro e mandarim, mas alemão, japonês, francês e italiano, entre os mais conhecidos, compensavam a falta no grande burburinho característico dos principais pontos da cidade.

Além do Salone, a feira do móvel que é o evento âncora da Design Week, a programação paralela FuoriSalone é instigante porque surpreende e vai um pouco além do óbvio do mercado já consolidado. Apesar de fazer parte do catálogo do design, a Moooi – do criativo Marcel Wanders – sempre é estimulante para quem gosta de se deixar levar por vivências proporcionadas por um único produto disposto de uma forma inusitada, um ambiente ou uma instalação de luminárias figurativas. Como estas abaixo, criadas por Umut Yamac. De piso, pendente, de mesa, arandela: havia todas as possibilidades expostas em diferentes pontos do showroom na Zona Tortona. Veja mais uma foto abaixo:

EleonePrestes3

 

EleonePrestes5

Luminárias de Tom Dixon e superfícies Caesarstone se fundiram em uma instalação gigante com recantos espalhados dentro da arquitetura de cinema da Rotonda della Besana. Era o The Restaurant by Caesarstone and Tom Dixon, espaço que foi aberto uma noite para a festa da temporada com direito a conhecer o lado músico do designer. Durante o dia, era um ponto de visitação da agenda FuoriSalone. Chamava atenção a disposição das luminárias: Dixon não apenas cria peça por peça, mas também sabe imaginar e propor o efeito das suas obras usadas em grupos.

EleonePrestes1

Na sala de imprensa da Università degli Studi di Milano, mais uma vez a ousadia do arquiteto Mac Stopa hipnotizou pela composição de grafismos e módulos, dando a sua interpretação para o tema Open Borders. Piso, teto, paredes e estofados estampados chegavam ao ápice nas poltronas e mesas da Drum Collection by Stopa, para a Cappellini, em branco e preto com composição gráfica em harmonia com as formas dos móveis.

EleonePrestes6

A grife Mogg mostrou em um espaço temporário junto ao Museo delle Culture, o MUDEC, uma versão de amarrações para uma poltrona. Essa solução simples, que muda a cara de um estofado básico, vem sendo explorada há algum tempo e sempre tem novas possibilidades.Este ano, havia este modelo na Zona Tortona e outros na Ventura Lambrate, um laboratório de usos de materiais e processos de criação.

EleonePrestes4

 

Você também vai gostar

Exposição da Moooi emociona com cenários artísticos e peças novas e de catálogo

Eleone Prestes Eleone Prestes

Quem vai ao Salone de Milano durante a semana do design tem que passar na Zona Tortona e visitar a mostra temporária da marca comandada pela genialidade de Marcel Wanders. Em vários pontos, chamam a atenção as luminárias de Umut Yamac, figurativas, com pássaros empoleirados.

Você também vai gostar

Jean Nouvel na Cidade Matarazzo

Jean Nouvel e equipe francesa da construção e projeto da Torre Rosewood na Cidade Matarazzo

O arquiteto francês Jean Nouvel, escolhido para projetar a Torre Rosewood, na Cidade Matarazzo, em São Paulo, empreendimento do Grupo Allard, brindou com o presidente Alexandre Allard, a equipe da obra e jornalistas no dia em que simbolicamente foi enterrada uma cápsula do tempo como uma pedra fundamental com recados, objetos e lembranças dos presentes.


  No final de 2018 deve estar pronta a obra que terá interiores de Phillipe Starck e um paisagismo que deverá dialogar com a natureza do entorno. Dentro de um conjunto arquitetônico tradicional da cidade, a torre fica próxima do prédio da Maternidade, em cujo terraço (acima) Jean Nouvel concedeu entrevista privada a jornalistas, depois da coletiva (abaixo) na quinta-feira.

Jean Nouvel em São Paulo

Jean Nouvel chegando à obra da Torre Rosewood

O arquiteto francês chegou como uma estrela na obra na Cidade Matarazzo nesta quinta no começo da tarde. Os jornalistas já esperavam reunidos, contribuindo com alguma coisa sua dentro de uma cápsula do tempo que, com a presença de Jean Nouvel, foi enterrada no canteiro de obras. Alexandre Allard, presidente do Grupo Allard comandou a cerimônia de lançamento da pedra fundamental do hotel palácio Rosewood São Paulo, na Cidade Matarazzo. Depois, todos subiram para o prédio que foi a maternidade do Hospital Matarazzo para a entrevista coletiva. Falei novamente com Nouvel mais tarde, em um terraço, onde inclusive tietei o autor do Louvre Museum Abu Dhabi, a Fundação Cartier e a Serpentine Gallery, de Londres, cuja ampliação foi feita por Zaha Hadid. Ele lamentou a morte dela, recém-chegado de uma reunião em Nova York onde ela também estaria.

Nouvel contou como será a torre Rosewood que será inaugurada em 2018. Paciente, falou em francês sobre o conceito do edifício paisagem, com apartamentos, suítes e hotel na área com vários prédios que serão restaurados. O arquiteto disse que considera história, geografia e cultura ao criar um projeto.

Philippe Starck fará os interiores dos espaços, em sintonia com Nouvel. Sempre paciente, Nouvel foi elegante até ao responder à minha pergunta sobre os projetos de interiores adicionados aos seus projetos. Ficou desconfortável com o que classifica como um pesadelo. E citou o caso de um prédio em Paris que resultou esquizofrênico por não ter nada a ver com sua Arquitetura. Para Nouvel, tudo é Arquitetura, cada uma na sua escala. Não tem interiores ou Urbanismo. Tem Arquitetura.

Na sexta-feira, Jean Nouvel conversou, sentado em uma cadeira Oscar Niemeyer, com a mediação de Raul Juste Lores, jornalista da Folha de São Paulo, e do arquiteto Fernando Serapião, editor da revista Monolito, no Talks Arquitetura, ocorrido no Auditório do Ibirapuera Oscar Niemeyer, em plena obra arquitetônica do sinônimo de arquitetura brasileira. Assisti, maravilhada, da primeira fila, mais uma vez, o arquiteto francês falar. Um privilégio.

Talks Arquitetura com Jean Nouvel no Auditório do Ibirapuera

AsBEA-RS recebe o arquiteto Gianfranco Vanucchi nesta quarta-feira

Alexandra Zanela, divulgação Alexandra Zanela, divulgação

A Associação Brasileira de Escritórios de Arquitetura (AsBEA-RS) receberá, no dia 26 de agosto, o arquiteto Gianfranco Vanucchi, sócio do escritório paulista Königsberger Vannucchi, para sua tradicional reunião-almoço que acontecerá, pela primeira vez, no Instituto Ling (Rua João Caetano, 440), às 12h30min. Os convites podem ser adquiridos pelo telefone (51) 3026.2236.

O Königsberger Vannucchi desenvolveu mais de 1 mil projetos de arquitetura e planejamento desde 1971. Em mais de 40 anos de atuação no mercado, os projetos assinados pelo escritório tornaram-se referências e renderam artigos, palestras, livros. Os trabalhos já foram publicados no Brasil, Argentina, Holanda, Itália, Portugal, México, Japão, Estados Unidos, Inglaterra, Coréia, Rússia e China. Entre os prêmios recebidos pela dupla estão os do IAB, AsBEA, Secovi, o de design da Associação Paulista de Críticos de Arte, o prêmio da Bienal Internacional de Arquitetura de Buenos Aires e o Prix D’Excellence da Fiabci.

Durante a visita a Porto Alegre, o arquiteto participará também do AsBEA Talk, um bate-papo com alunos no Auditório da Faculdade de Arquitetura da UFRGS (Rua Sarmento Leite, 320 – Porto Alegre), às 19h. As inscrições podem ser feitas via rede social: facebook.com/AsBEA.RS.

Complexo arquitetado

Eis o Rio Maravilha. Do alto do Museu de Arte do Rio, o MAR, projeto do escritório Bernardes Jacobsen Arquitetura, a gente fiscaliza a obra do Museu do Amanhã, concepção do famoso arquiteto espanhol Santiago Calatrava, dentro da revitalização da zona portuária.

Oxalá tenhamos uma Porto Maravilha nessa dimensão e vivamos essa alegria em Porto
Alegre, com direito a muita selfie para comemorar o feito tão esperado por várias gerações. Ah, quem visita Buenos Aires tem o prazer de percorrer a Puente de La Mujer, em Puerto Madero, a obra de estreia de Calatrava na América Latina.

Você também vai gostar

Preces para a casa

Da série começando o ano com o pé direito, achei bacana a ideia dessas bandeiras no Espaço Tibet para a gente atrair
boas energias: cada uma representa um elemento (ar, fogo, terra e água) e tem uma oração. A ideia é que as preces sejam
“levadas pelo vento” e que irradiem boas vibrações para a casa e o entorno. O recanto zen faz parte do espaço tibetano,
em Três Coroas, lá onde tem templo e restaurante, este com espaços kids e pets. Uma dica para o final de semana.

Você também vai gostar

Natal, Mostra Casa & Cia 2015 e arte

Nesta primeira edição de dezembro, falar em Natal era lei. A dúvida era o que mostrar de diferente em um ambiente natalino com elementos obrigatórios, como o tradicional pinheiro. Parte do grupo de profissionais que o Luciano Mandelli levou à Bahia para conhecer as fábricas da Tidelli, Lisiane Scardoelli tomou para si a incumbência e criou a proposta com uma pegada escandinava. Isso foi possível graças ao mobiliário da linha de interiores da marca que trouxe várias fábricas e designers predominantemente da Região Sul para o andar superior de vidro da loja na Doutor Timóteo, em um dos pólos de décor da Capital. Tudo dentro da ideia de Mandelli de “pensar globalmente e agir localmente”. Falando nisso, nesta edição tem ainda um texto da Lisiane sobre outro tema, bem diverso do primeiro, para a gente ampliar o olhar e se preocupar com a nossa cidade, a partir de exemplos internacionais.

Mostra Casa&Cia 2015

Em breve,divulgaremos tema e local (ai,que vontade de contar tudo!) do evento previsto para maio de 2015.Com isso,retornamos ao período tradicional da Mostra Casa&Cia,o primeiro semestre.Só adianto isto: não será na Zona Sul.

Conexão internacional

Scardoelli e equipe é inovador,pendurado como uma luminária, uma gentileza da artista plástica catalã Eva Montoliu.Eis que a árvore natalina da Galerie Lafayette também está suspensa, integrada aos espetaculares vitrais.No centro da loja,a tradicional árvore gigante de cabeça para baixo encantou a arquiteta Ana Paula Elbling,também,como Eva, amiga de Lisiane e moradora de Lille,no norte da França.Quem tem conexões
internacionais tem tudo,hein?

Da parede ao teto

Plafons ou arandelas Nuage em branco,verde ou vermelho,com 63cm x 54cm de diâmetro e feitos de policarbonato e ABS injetado pela italiana Foscarini podem ser usados na parede ou no teto.Foi isso que me chamou a atenção outro dia,quando estive na Luzes do Mundo,no pólo da Rua Quintino Bocaiúva.São ideais para espaços com pé-direito não muito alto,no caso de serem usadas no teto.

Você também vai gostar