Instituto Porto Alegre, de Cesar Dorfman/Carlos Edler
Cesar Dorfman mostrará sua trajetória de 43 anos na Bienal de Arquitetura (tem outro post mais abaixo sobre a BIA) em 29 painéis com fotos e desenhos.
Seus trabalhos serão expostos a partir do dia 11 de novembro em área de 80 metros quadrados, no mesmo pavimento dos demais brasileiros, inclusive Niemayer e Paulo Mendes da Rocha.
Imagens do Centro Esportivo da Unisinos, do Centro Cultural de Erechim (nome indígena, a palavra Erechim deveria ser grafada com x, informa a atenta colega da editoria de Economia Marta Sfredo) e da biblioteca do IPA, publicada em 29 de setembro de 2005 em Casa&Cia, farão parte da seleção.
Dorfman adianta que veremos essa seleção em Porto Alegre em 2008.

Postado por Eleone Prestes, redação Zero Hora