Comportamento refletido no décor: vida nova, casa renovada

Fotos: Marco Antonio, divulgação
Fotos: Marco Antonio, divulgação

Os anos passam e com eles mudamos também alguns dos nossos comportamentos. Tal mudança aparece muito no jeito que nos vestimos e nos mostramos, ora mais expansivos, ora mais introspectivos. Assim ocorre também com o nosso habitat. A casa acompanha as diferentes fases da vida e reflete muito do nosso estado de espírito. E este era o desejo da dona deste apartamento no Centro de Floripa, uma jovem empresária que queria atualizar o local onde morava para combinar melhor com sua fase atual. Para a reforma dos 60 metros quadrados disponíveis, contratou pela segunda vez o trabalho da arquiteta Juliana Pippi – o primeiro foi há 10 anos, logo que a cliente se mudou para o imóvel.

apartamento floripa (1)
– Como ela viaja muito profissionalmente, queria um projeto atual, descolado e bem funcional para a vida corrida que leva. Para isso, me deu carta branca para que criasse algo ousado, o que foi possível com o uso de muitas cores e materiais marcantes e femininos – explica a arquiteta.

apartamento floripa (6)
Nesta atual modificação, umas das prioridades na organização do layout foi a integração da cozinha e a sala, o que resultou em um ambiente mais funcional e despojado. Para isso, lembra a arquiteta, a dona topou se desfazer dos armários embutidos, onde eram guardadas muitas coisas e sem utilidade. Um pilar foi mantido, revestido de espelho e de lousa para recados para não chamar a atenção.
– O desapego determinou a utilização apenas do essencial – relata a profissional.
Seleção especial para os ambientes

A renovação dos revestimentos – de pisos, paredes, móveis – imprimiu uma informação mais moderninha ao apartamento. Na sala, chama a atenção a parede de tijolo inglês. O piso vinílico completa o charmoso cenário de convívio comum. O sofá foi reformado e ganhou um tecido mais atual, uma lona grafite. O móvel da TV revestido de folha laminada de bambu também não passa despercebido.
E não para por aí. O novo projeto destaca uma seleção de primeira no quesito mobiliário solto. Peças assinadas entram em cena, a exemplo da mesa Dinn vermelha, do cabideiro Foor e do banco Philips, todas de Jader Almeida. As cadeiras Bertoia em alumínio, design de Harry Bertoia, já eram do acervo da cliente e na repaginação foram pintadas de vermelho.

apartamento floripa (5)
A cozinha, apesar de pequena, tem detalhes muito especiais, segundo a arquiteta. Ela foi reformulada para receber algumas cores. Os móveis aéreos foram pintados de azul clarinho e lavanda, compondo com a cor do bambu natural usado na bancada da pia.
A geladeira garante uma dose extra de personalidade ao projeto. Foi adesivada com o grafite que o artista plástico Paulo Gouvea criou exclusivamente para a moradora. ​

  • apartamento floripa (8)
  • apartamento floripa (9)
  • apartamento floripa (4)
  • apartamento floripa (3)
00ade156

Exposição Projeto Naves Poéticas reune design, arte e tecnologia

banheiro acessivel (2)

Bonito e funcional: banheiros adaptados para quem tem mobilidade reduzida