Acompanhe cinco tópicos das feiras Design Miami e Art Basel na visão de um designer de interiores

Foto: Maximiliano Crovato, Arquivo Pessoal
Foto: Maximiliano Crovato, Arquivo Pessoal

Miami tem consolidado a sua presença como polo de arte e design no mundo. O designer de interiores Maximiliano Crovato, gaúcho radicado em São Paulo, esteve este mês nas feiras Art Basel e Design Miami e trouxe esta seleção com cinco itens para nos atualizar. Texto e fotos são dele.

Seja pela sofisticada Art Basel a feiras paralelas, como Untitled e Pulse, até pelo bairro grafitado de Wynwood, Miami é destino obrigatório para os amantes da arte e do design. É onde os museus e as galerias apresentam suas obras mais interessantes. 

E a Art Basel prepara surpresas por toda parte. Uma simples caminhada por South Beach oferece arte e instalações públicas _ sem falar nas festas. Na Art Basel, que atrai galeristas do mundo todo, teve destaque este ano a produção brasileira, com 11 galerias. 

A cidade, que já é repleta de arte, fica mais pulsante com a 12ª edição da Design Miami:

Foto: Maximiliano Crovato, Arquivo Pessoal

Fotos: Maximiliano Crovato, Arquivo Pessoal

1) O ponto alto foi a bacanérrima instalação Body Building (acima), da galeria Secondome, com peças únicas assinadas por Alberto Biagetti e Laura Baldassari, em alusão aos instrumentos de ginástica olímpica. Very cool!

Foto: Maximiliano Crovato, Arquivo Pessoal

2) Fendi lançou seis móveis (acima) com desenhos que haviam sido feitos por Guglielmo Ulrich para ocupar o Palazzo della Civiltà Italiana durante a exposição Universal ,em 1942. Não saíram do papel, na época, por causa da Segunda Guerra Mundial , e ganham vida este ano.

3) A segunda edição do Design Curio, com espaços reservados a projetos experimentais, tem como destaque o Quarto dos Sonhos (no topo), da artista Katie Stout. Incrível e lúdico! 

Foto: Maximiliano Crovato, Arquivo Pessoal

4) Ainda no universo lúdico, as criaturas dos Hass Brothers abordaram humor e senso estético (acima).

Foto: Maximiliano Crovato, Arquivo Pessoal

5) Não posso deixar de comentar a sedutora instalação da Swarovski (acima), por Fernando Romero, esfera composta de 2,8 mil cristais.

 

Foto: Eduaro Liotti, Divulgação

Separação de ambientes com as paredes de vidro garante integração e privacidade

Foto: Eleone Prestes

Monumental como um transatlântico, o Museu do Amanhã, de ciência e tecnologia, é o equipamento cultural mais imponente do porto Maravilha, no Rio de Janeiro