Fofura em dobro: veja o quartinho de duas irmãs pequenas

Fotos Dani Bat, Divulgação
Fotos Dani Bat, Divulgação

Depois de ser a dona absoluta do quarto de 20 metros quadrados pensado em detalhes para ela, a pequena Catarina, de cinco anos, foi promovida ao posto de irmã mais velha. E as transformações do ambiente, o bairro Boa Vista, foram tão lúdicas como a chegada da caçulinha Antonella, hoje com um ano.

Autoras do projeto original para a primogênita, as arquitetas Joana Deicke e Maria Manoela Bento Pereira, do escritório Joana&Manoela, também foram as responsáveis pelo novo layout do recanto, agora para uma dupla.

JoanaDeicke1

– Como todo o quebra-quebra para os pontos de iluminação e a marcenaria já estavam prontos, pensamos os móveis soltos e os objetos para deixar o quarto perfeito em distribuição de espaço para as irmãs – explica Joana Deicke.

A cama que a mais velha dormia foi substituída por uma em formato de casinha – um jeitinho de driblar qualquer crise de ciúmes com as atenções voltadas para a menor. Além do design, a parte inferior ainda é usada como um pequeno esconderijo, com brinquedos e livros.

Para “acolher” o novo mobiliário, as arquitetas pensaram em soluções para as paredes, como o painel em MDF com laca e papel de parede xadrez. O piso de porcelanato foi mantido, assim como o tapete antialérgico de fios de náilon.

JoanaDeicke3

A decoração reformulada agora traz uma identidade  para duas meninas, onde tons de rosa ganharam a adição de delicados matizes de azuis. A empresária Valéria Nieto, da loja Casa de la Madre, atuou na concepção, ao lado das arquitetas, das peças artesanais, como as bandeiras de tecidos coloridos e os bordados da artesã Beth Gomes. A árvore é de Flávia Azambuja.

JoanaDeicke4

 

 

Fotos André Bastian, Divulgação

Apartamento de arquiteto inspirado em espaço de mostra de arquitetura

Fotos Eleone Prestes

Eleone Prestes: evolução, não renovação