Abreu Jr: figuras feministas da cultura Cicládica

cultura cicládica

A sofisticada civilização cicládica é uma cultura arqueológica da Idade do Cobre e do Bronze nas Ilhas Cícladas (Cyclades Islands), no mar Egeu, datada do período de 3000 a. C. ao 2000 a. C. Essas ilhas gregas devem seu nome à disposição aproximadamente circular em torno de Delos, a ilha sagrada que viu nascer Apolo. Fazem parte também: Miconos, Paros, Milos, Sifnos, Amorgos, Tinos, Serifos e Santorini.

Nestas ilhotas do Egeu floresceu uma civilização anterior em quase 2.000 anos à grega, e deixou como legado centenas de esculturas de mármore, a maioria é de figuras femininas, símbolo da fertilidade. Os trabalhos artísticos representavam o ciclo natural da natureza de continuidade: nascimento, vir a ser, perecimento. Lembrando que a semente morre para germinar. Isto sugere que, após a morte física, nasce a alma num ciclo contínuo.

shoppingcasa

Dica de Café no Mesc

O Mesc (Museu da Escola Catarinense da Udesc) também teve a intervenção do traço do designer Jader Almeida, pela Mostra Casa&Cia. Neste espaço ainda se percebe outros legados do evento de 2013: a loja do Museu (com luminárias do designer), a fachada e iluminação, os banheiros públicos, e uma sala de exposição. Para visitar o endereço que fica na rua Saldanha Marinho, no Centro de Florianópolis, é fácil e gratuito. Aproveite quando conhecer o Mesc para tomar um café no espaço recentemente inaugurado, que também foi obra da Casa&Cia, assinado pela arquiteta Bia Kubelka.

Cadeira CLAD

cadeira

A peça que mais me emocionou na Mostra Boas Novas em São Paulo, promovida pela Sollos, cujo diretor artístico é Jader Almeida, foi a cadeira Clad, que se originou de um estudo sobre a cultura “Cyclad”. Como na arte, o produto resultante refere-se à continuidade, com formas suaves, elegantes e que buscam abraçar o corpo. Não se sabe onde o desenho começa ou termina, mas se sabe que esta peça se tornará um clássico do design brasileiro. O designer Jader Almeida comenta que o consumidor (apreciador) adquire o direito de uso da obra de arte (design), mas não adquire o produto em si, pois este, sempre será do autor.

Alvaro Siza por Sollos

A empresa Sollos, começa a editar também o design do arquiteto Alvaro Siza nascido ao norte de Portugal, perto da cidade do Porto, onde ele estudou entre 1949 e 1955, e lecionou de 1966 a 1969. Fortemente marcado pelas obras dos arquitetos Adolf Loos, Frank Lloyd Wright e Alvar Aalto, cedo ele conseguiu desenvolver a sua própria linguagem, embebida não só nas referências modernistas internacionais como também na forte tradição construtiva portuguesa, dos quais resultaram obras de grande requinte do modernismo português, dos quais se destaca a Casa de Chá da Boa Nova, em Leça da Palmeira.

Árvore é vida

Um símbolo vivo na praça central trouxe o respiro entre os ambientes da exposição Boas Novas, de Jader Almeida para Sollos, em São Paulo.

ANDRE LIGEIRO

Dança & natureza

Exercício Dispositivo de Uma Possível Dança, que Lincon Soares apresentará amanhã, dia 2, às 20h, em O Sítio (R. Francisca Luísa Vieira, 53, Lagoa da Conceição, Florianópolis) tem sua gênese na recente residência realizada dentro do projeto Tubo de Ensaio 2015, no Sesc Cacupé. Nascido em Florianópolis, o bailarino certificado pelo método Danceability agora associa o seu trabalho com a cidade e sobretudo com a natureza. “A singularidade do mover torna-se a potência de nossa existência”, diz ele.

OCA BRASIL (2)

Revestimentos de madeira compõem painéis com referência a fases da história do Brasil

Carlos Edler/ Divulgação

Especialista aponta tendências para o design de interiores